Com o sucesso já não tão mais recente assim da maca peruana no Brasil, muita gente se encantou pelas suas propriedades e benefícios, e tantas outras a incluíram em suas rotinas de alimentação e suplementação. No entanto, entre a tamanha repercussão em diversos meios de comunicação, podem surgir ruídos que dificultam o entendimento de questões básicas a respeito do dessa raiz tão poderosa.

Pensando nisso, elaboramos um texto em forma de perguntas e respostas sobre o tema para que você possa esclarecer eventuais dúvidas e, assim, adotar de vez a maca em seu cotidiano. Vamos lá?

O QUE É MACA PERUANA?

Esse é o nome popular e difundido do Lepidium meyenii, um tubérculo que, a fim de comparação, se assemelha ao nosso rabanete. No entanto, como o nome sugere, a maca peruana é nativa das regiões andinas do Peru. Ela cresce muito bem nessas localidades pois a elevada altitude e as temperaturas amenas oferecem as condições ideais de crescimento e desenvolvimento.

No Peru ela possui uma tradição milenar, tanto é que se tornou patrimônio nacional. Devido a isso, aqui cabe uma curiosidade. Para proteger a cultura e a tradição em volta da raiz, o país criou uma legislação que proíbe a maca peruana de ser exportada antes de passar por um processo que a transforma em pó. Esse é um dos motivos para que a maca peruana pura no Brasil seja encontrada principalmente em forma de cápsulas ou comprimidos.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA MACA PERUANA?

Diversos benefícios e propriedades são atribuídas à maca peruana. Entre os que já foram comprovados pela ciência por meio de estudos e pesquisas e os que ainda se mantém na cultura popular estão o aumento da fertilidade masculina, a redução da disfunção erétil, aumento da libido, emagrecimento, fortalecimento do sistema imunológico, melhora do humor, da saúde cardíaca, diminuição dos sintomas da menopausa e prevenção ao câncer.

COMO TOMAR MACA PERUANA

Como já contamos previamente, a maca só pode ser exportada do Peru depois de processada em sua terra natal. Logo, a forma mais popular de se consumir a maca peruana no Brasil é por meio de comprimidos produzidos com o pó da raiz pura. Outra opção é comprar o pó solúvel para ser misturado a diferentes tipos de bebidas, conforme a sua preferência.

QUAIS OS EFEITOS COLATERAIS DA MACA PERUANA?

Sempre que decidimos aderir a uma nova suplementação, essa questão vem à tona. E essa é uma preocupação legítima, afinal, temos sempre que estar atentos ao que consumimos no nosso dia a dia, seja em forma de suplementação, medicação ou alimentos.

Acontece que, no caso da maca peruana, não há nenhum registro atual de efeito colateral comprovado por estudos ou pesquisas científicas quanto ao seu consumo. No entanto, é importante abrir um parênteses para um aspecto: os especialistas em saúde e alimentação não recomendam que mulheres grávidas e lactantes consumam a raiz durante esses períodos da vida.

Já as pessoas com problemas de níveis hormonais e pacientes com algum tipo de câncer devem sempre consultar um médico antes de incorporar a maca peruana em sua alimentação. Nestes casos, a orientação profissional também é imprescindível para definir a dosagem mais adequada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *